quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Novo Colaborador do Blog


Depois de um bom tempo parado, este blog está sendo atualizado novamente e desta vez com a colaboração do Prof. Dr. Antônio Marcos Leite Nascimento. Marcos é geólogo e Doutor em Geodinâmica e Geofísica pela UFRN. É também o criador do grupo de discussão do Yahoo Geoturismo_brasil, que desde 2004 reune os principais pesquisadores do trinômio GGG no Brasil. Foi através dos trabalhos de Marcos no I Simpósio de Geografia Física do Nordeste, no Crato, que descobrí esta linha de pesquisa.

Uma das idéias é trazer o nosso Boletim Eletrônico mensal "Geodiversidade, Geoconservação e Geoturismo" para o blog e poder atingir um número maior de leitores. Continua a mesma proposta de colaboração entre os listeiros na construção do Boletim e também de todos aqueles que se interessarem pela temática.

Desde já meus agradecimentos ao pessoal da lista, onde já aprendí muuuito, ao Marcos e aos meus amigos que estão contribuindo na divulgação. =D

VIVA! rs

CPRM Lança Mapas de Geodiversidade Estaduais

O Serviço Geológico do Brasil – CPRM em sintonia com a Secretaria de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do Ministério de Minas e Energia disponibiliza 09 (nove) Mapas descrevendo a Geodiversidade dos estados do Rio Grande do Sul, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Bahia, Rio Grande do Norte, Piauí, Rondônia e Amazonas, nas escalas que os estados utilizam para planejamento.



O Mapa Geodiversidade foi concebido para oferecer aos diversos segmentos produtivos, sociais e ambientais, uma tradução do conhecimento geológico-científico estadual, com vistas a sua aplicação ao uso adequado do território.

Destina-se a um público-alvo muito variado, incluindo desde as empresas mineradoras tradicionais, passando pela comunidade acadêmica, gestores públicos da área de ordenamento territorial e gestão ambiental.

Dotado de uma linguagem de compreensão universal, tendo em vista seu caráter multiuso, o mapa compartimenta o território estadual em unidades geológico-ambientais, destacando suas limitações e potencialidades, considerando-se a constituição litológica da supra e da infra-estrutura geológica.

Foram abordadas também, as características geotécnicas, as coberturas de solos, o potencial e disponibilidade de recursos hídricos, as vulnerabilidades e capacidades de suporte à implantação das diversas atividades antrópicas dependentes dos fatores geológicos.

E finalmente, a disponibilidade de recursos minerais essenciais para o desenvolvimento social e econômico do Estado. Nesse particular, em função de fatores estratégicos, são propostas Áreas de Relevante Interesse Mineral, constituindo valioso subsídio para as tomadas de decisão consciente sobre o uso do território.

Cassio Roberto da Silva
Coordenador Nacional da Ação do PAC
Levantamentos da Geodiversidade

Os mapas estão disponíveis para download no site da CPRM

www.cprm.gov.br

O Primogênito Brasileiro



A Sociedade Brasileira de Geologia (SBG) publicou, em 2008, o livro "Geodiversidade, Geoconservação e Geoturismo: trinômio importante para a proteção do patrimônio geológico", de autoria dos professores Antônio Marcos Leite do Nascimento; Úrsula Ruchkys e Virgínio Mantesso-Neto. É uma obra única no Brasil e e constitui uma importante fonte de informação para todos aqueles que tem interesse nessa temática tão importante e inovadora.

O Brasil mostra um riquíssimo patrimônio geológico ainda pouco conhecido. Desta forma, este livro pretender ser um guia introdutório, útil para entendermos um pouco sobre a geodiversidade, geoconservação e geoturismo. Os temas são abordados por meio de uma linguagem bastante acessível.

A obra está composta com os seguintes capítulos:

Introdução
Capitulo 01 - Geodiversidade
1.1 A geodiversidade e o patrimônio geológico
1.2 Os valores da geodiversidade
1.3 Geodiversidade x Biodiversidade
1.4 Geodiversidade dos minerais e rochas

Capítulo 02 - Geoconservação
2.1 A geoconservação e os cuidados com o patrimônio geológico
2.2 Iniciativas em geoconservação
2.3 Estratégias de geoconservação

Capítulo 03 - Geoturismo
3.1 Turismo e geologia
3.2 Geoturismo e sua definição
3.3 Geoturismo x Ecoturismo
3.4 Potencial geoturístico do Brasil
3.5 Geoturismo em museus

A obra possui em anexo a Declaração Internacional dos Direitos à Memória da Terra; a Carta de Aracajú e uma lista das principais obras sobre o trinômio.

Na coluna direita do blog, no espaço "Material para Download" encontra-se uma resenha da obra.

Onde comprar?
Socidade Brasileira de Geologia (SBG)
www.sbgeo.org.br
e-mail: sbgeol@ndata.com.br

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Por terras de além-mar...


Há um tempo venho "namorando" o Mestrado em Patrimônio Geológico e Geoconservação da Universidade do Minho, em Portugal. As dificuldades em ir morar em outro país são enormes, mas nada impede de fazer um intercâmbio lá né? Tenho amigos que já passaram pela Europa para estudos e adoraram a experiência. Alguns amigos portugas me garantiram que o custo de vida em Portugal é baixo e dá para passar uma temporada lá com pouca grana.

Para quem se interessa em conhecer a pós em Patrimônio Geológico, segue as dicas do Prof. Dr. José Brilha, coordenador do curso:

Para alimentação, gasta-se uma média de 2,20 euros por cada refeição.
Para o alojamento na própria universidade, cerca de 105 euros por mês.
e cada cadeira que desejar cursar, há um investimento de 120 a 180 euros.

Um colega de Recife, que ficou por lá durante quase um ano, sugere a hospedagem em repúblicas, sai bem mais em conta, uma vez que os gastos são divididos. Com mil euros mensais dá para viver e ainda curtir umas baladinhas rs.

É preciso um pouco de ousadia em tudo nessa vida. Fica a dica para quem sonha com um intercâmbio. =D

APROVEITANDO O POST...

Descobri um curso a ser realizado na UMinho pelo professor Diamantino Ínsua Pereira > Áreas Protegidas e Geoconservação < Destinado à todos os interessados em aprofundar conhecimentos no domínio de conservação da natureza com ênfase nos componentes geológicos.
Custo: 120 euros.
Mais informações no site da UMinho na coluna direita do blog.

té mais! =D

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Projeto Caminhos Geológicos


O Projeto Caminhos Geológicos é uma iniciativa do estado do Rio de Janeiro, coordenado e idealizado pelo Departamento de Recursos Minerais (DRM-RJ). Consiste na colocação de painéis interpretativos sobre a evolução geológica do estado para que o cidadão tenha acesso à informação e perceba a complexidade e o tempo que a natureza leva para construir a paisagem.

Um projeto similar é desenvolvido também na cidade de Salvador (BA). Quando visitei a cidade ano passado, procurei pelos painéis, nos pontos que, em tese, deveriam estar lá. Como não encontrei, ao retornar para Teresina, entrei em contato com Augusto Pedreira da CPRM - residência SSA. Segundo Augusto, as placas foram instaladas, entre elas, a da falha geológica que divide a cidade em cidade alta e baixa que ficava proximo ao elevador Lacerda e a do Dique do Tororó; mas, devido à falta de conhecimento da população acerca da importância do projeto, elas (a placas) se tornaram alvo de depredação. A falta de educação é tamanha que algumas placas duraram apenas 3 meses! Além da ação humana ainda tem as intempéries (sol e chuva), que onera a manutenção dos painéis. Resultado: as placas foram retiradas definitivamente e não há previsão de quando serão recolocadas principalmente por falta de recursos financeiros.

No Rio Grande do Norte existe o Projeto Monumentos Geológicos, o nome muda um pouco, mas a idéia é a mesma: promover a divulgação e valorização dos aspectos geológicos do local, sinalizando com placas interpretativas, os marcos geológicos especiais. O RN foi o quarto estado brasileiro a adotar o projeto. Primeiro foi o Rio de Janeiro, depois o Paraná e em seguida a Bahia.

As duas fotos deste post são de painéis do estado do Rio Grande do Norte, sendo a primeira retirada da net e a segunda roubada de um amigo.
Quem tiver interesse em conhecer o projeto do Rio de Janeiro, acesse o link abaixo:

www.caminhosgeologicos.rj.gov.br/site/home (não tô conseguindo inserir o link rs mais tá aí)

Té a proxima! =D

Notícia EXTRAAAAORDINÁÁÁÁRIA

Uhuuuu!! =D

Minhas reclamações renderam! acabei de receber este e-mail da Comissão Organizadora do 45 CBG, espia...


Bom dia Larissa,

A Comissão Organizadora do 45º CBG decidiu incluir a AGB como entidade afiliada, e assim, seus associados que estiverem quites com sua anuidade, poderão se inscrever na categoria “sócio”.

Gostaria de saber se você é da Associação ou então que nos informasse o contato da pessoa que poderíamos tratar sobre esse assunto.

Aguardamos seu retorno.


Olha aêêê!!! Agora sim negrada...agora siiiim!!!

VIVA!!=D

sábado, 20 de fevereiro de 2010

45° Congresso Brasileiro de Geologia

Bem pessoas vou começar já divulgando um evento importante para as Ciências da Terra, o 45° Congresso Brasileiro de Geologia que vai ocorrer em Belém (PA) no período de 26 de setembro a 1 de outubro de 2010.

Confere ai em baixo o link do site do evento:

www.45cbg.com.br




As inscrições estão abertas, inclusive para o envio de trabalhos (até dia 31/03). O que não anima é o valor das inscrições para que não é sócio da Sociedade Brasileira de Geologia e das outras entidades parceira dela.

A AGB, entidade no qual sou filiada, não é parceira da SBG, então o valor da inscrição vai para quase mil reais (vejam no site). Mto caro!!!

Acho que na geologia só tem rico rsrs. TÔ querendo mto ir, mais não pago um valor desse em inscrição; mas... qm tem amigo GEÓLOGO é ooooutra categoria =D né Rafs??? rsrs vamo ver o que ele pode fazer.

Enfim, o evento tem uma boa fama de ser muito bem organizado. Vai ter mto fera em Geologia , sem falar que vai rolar o II SImpósio de Geoturismo, com Marcos e Úrsula; a galera do trinômio vai marcar presença lá e eu quero estar no meio =D.

e vamo que vamo!

De volta às atividades!

Olá pessoaaas!! Tô de volta depois de muuuuuito tempo afastada de meu blog, podem observar que o ultimo post foi em abril do ano passado, já há quase um ano!

Pois, bem, criei este blog na época que eu trabalhava na CPRM (bons tempos! saudade de Fred! ) Depois fui chamada p trabalhar no IBGE e tive que sair de la. Faltou tempo e disposição p escrever aqui.

Mais agora tô de volta! Agora sou mestranda do PRODEMA/UFPI. Meu orientador continua sendo o Zé Luís e minha área de pesquisa continua sendo Sete Cidades. a diferença é a que eu já falei, agora sou de ooooutra categoria! rsrs

Espero ter tempo p escrever aqui com mais frequencia! E mãos a rocha!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...