quarta-feira, 29 de setembro de 2010

...Por Ricardo Fraga...

Um texto que achei tão bonito, escrito por Ricardo; é a epígrafe de sua tese...

Cada grão de areia tem muita história.
Cada pedaço de chão guarda em si
muitas e muitas histórias...
Cada pedaço do chão
que a gente pisa e despreza,
guarda em si uma sucessão de tempos,
processos, fenômenos e histórias.
A água, que é fluida, sempre se mistura,
ao passo que o chão, sólido e concreto,
guarda consigo as marcas do tempo.
Cada grão de terra, areia ou chão
é testemunho do tempo.
Encerra em si sua origem,
passado, história e presente
deste tão grande mundo
e desta tão longa história...
Só não reserva em si o futuro,
que mais passa pela mão do homem
e todo aquele que se apropria do chão,
deixando de lado, esta tão longa história:
O tempo e sua eterna transformação!

(Ricardo Fraga Pereira, entre Lisboa e Salvador em 05/Jan/09)

Você Conhece?




Você saberia identificar que formação geológica é esta?

Uma dica: a literatura o identifica como o pico de vulcão extinto e localiza-se no estado do Rio Grande do Norte.

(Resposta nos comentários)

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Geomorfossítios do Brasil

Olá caros leitores,

trago a vocês o resumo de um artigo intitulado "Paisagens Geomorfológicas Espetaculares: geormofossítios do Brasil" da professora Dra. Vanda Claudino-Sales, apresentado no VIII Simpósio Nacional de Geomorfologia, onde ela apresenta uma visão geral da política nacional para geossítios, analisando particularmente a situação para os sítios definidos como de natureza geomorfológica.


O Brasil ingressou em 1993 no programa da UNESCO para geossítios, conforme definido pela "Convenção para do Patrimônio Mundial Cultural e Natural" de 1972. Para tanto, foi criada a "Comissão Brasileira dos Sítios Geológicos e Paleobiológicos - SIGEP". Até 2009, a SIGEP havia catalogado 158 geossítios no Brasil. Desses, 99 foram oficialmente descritos, estando os dados à disposição da sociedade, através da internet e da publicação de dois livros. Os sítios acham-se classificados em diferentes categorias. A categoria dominante é a de "sítios paleontológicos", seguidos dos "geomorfossítios", que representam 38 ocorrências, ou 24,5% do total de geossítios no país. Os geomorfossítios são representativos de todos os principais domínios naturais e paisagens geomorfológicas brasileiras, mas acham-se pobremente apresentados, o que resulta sobretudo da não existência na composição da SIGEP, de uma associação representativa de geomorfólogos. Os geomorfossítios catalogados já são largamente conhecidos, situando-se inclusive, em sua grande maioria, em áreas de preservação ambiental.

Logo abaixo, um mapa de Localização dos Geomorfossítios Brasileiros.

A autora traz as seguintes conclusões:
  • verifica-se que a política brasileira para geossítios, no que diz respeito aos geomorfossítios, vem catalogando aquelas paisagens geomorfológicas já bem conhecidas pelos brasileiros, dentre os 38 geomorfossítios catalogados, 31 contam com estruturas legais e logísticas associadas à preservação ambiental, sendo parques nacionais ou estaduais ou áreas de preservação ambiental de status variados.
  • é perceptível a tendência a partir de agora de agregar paisagens geomorfológicas que não foram completamente descobertas pelo turismo.
  • a definição de geomorfossítios no Brasil pode incentivar a adoção de medidas protecionistas para paisagens geomorfológicas que ainda não são objeto de preservação até o momento.

O artigo está publicado na Revista de Geografia - UFPE (Edição Especial) v.3, Set. 2010.


quinta-feira, 23 de setembro de 2010

III Semana Científica de Geografia - UFPI


Olá caros leitores,

entre os dias 25 e 29 de Outubro ocorrerá a III Semana Científica de Geografia e o II Seminário de Métodos e Técnicas da UFPI.

Na oportunidade, estarei ministrando o mini-curso "Patrimônio Geológico e Geoconservação", com disponibilidade de 25 vagas.

Mais informações no blog do evento <>

sábado, 18 de setembro de 2010

... E foi um Sucesso!

Professores Marcos Nascimento, Diamantino e Paulo
Foto: Sheydder, 2010


Olá caros leitores,

gostaria de registrar aqui no blog a presença dos professores Marcos Nascimento (UFRN), Diamantino e Paulo Pereira (UMinho) no VIII Simpósio Nacional de Geomorfologia ocorrido nesta última semana em Recife - PE, onde ministraram a mesa-redonda Geomorfologia e Conservação do Patrimônio Natural.

Diamantino iniciou a mesa, falando um pouco sobre o trinômio em Portugal, em seguida Marcos fez uma explanação do trinômio no Brasil e Paulo expôs alguns métodos de inventariação do patrimônio geomorfológico.

É uma alegria ver o trinômio com um espaço em um evento tão importante como o SINAGEO. Os trabalhos, que já citei em um post anterior, possivelmente serão disponibilizado por Marcos nos arquivos de nosso grupo Geoturismo_brasil.

Uma das falas que achei mais importantes, dita por Marcos, é que "o trinômio não deve ser mais citado como uma linha recente no Brasil, afinal, já são quase 10 anos de pesquisa e já temos muitas publicações e espaço em eventos nacionais e internacionais".

Outra fala importante, dita por Diamantino, é que "deve-se ter cautela ao trabalhar com Geoparques, para que não se perca a sua essência, que é a geoconservação, a educação e o desenvolvimento econômico sustentável".

Um dos trabalhos orais apresentados que também achei muito interessante, foi o de Vanda Claudino-Sales (UFC), intutulado "Paisagens geomorfológicas espetaculares: geomorfossítios do Brasil", onde ela apresenta uma visão geral da política nacional para geossítios, analisando particularmente a situação para os sítios definidos como de natureza geomorfológica.

Fica a espera de no próximo ano ocorrer o I Simpósio Nacional de Patrimônio Geológico, previsto para ocorrer no Rio de Janeiro.

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

V Congresso Nacional de Geomorfologia - Portugal


A Associação Portuguesa de Geomorfólogos (APGeom) tem o prazer de convidar todos os geo-profissionais a estarem presentes no mais importante evento da Geomorfologia Portuguesa: o V Congresso Nacional de Geomorfologia, que terá lugar no Porto, de 08 a 11 de Dezembro de 2010.

O evento contará com um eixo temático sobre Patrimônio Geomorfológico.
É notório o investimento feito nos últimos anos na investigação sobre património geomorfológico, o que, a par com a intervenção efetuada junto de autoridades responsáveis pela gestão do território, tem sido importante no sentido de promover a sua conservação, em particular junto das áreas de maior expansão urbana. Mas ‘conservar’ passa também pelo desenvolvimento de estratégias de divulgação deste património, que implicam, nomeadamente, a dinamização do geoturismo numa escala global, mas numa perspectiva de garantir a geoconservação e a geodiversidade.

O envio de resumos pode ser feito até o dia 20 de Setembro de 2010.

Maiores informações no site < http://www.isep.ipp.pt/cng2010// >

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Luís Carcavilla - roteiro pelo Brasil

Colegas,

o Geólogo Luis Carcavilla Urqui, com doutorado em Patrimônio Geológico, atualmente trabalhando no Serviço Geológico e Mineiro da Espanha, será o palestrante do S27 no 45 Congresso Brasileiro de Geologia.

É uma excelente oportunidade para nos informarmos sobre as atividades relativas ao trinômio na Espanha, um país reconhecidamente de vanguarda nesse tema: basta lembrar que aí está um dos 4 geoparques (Parque Cultural del Maestrazgo) que fundaram a rede mundial em 2000, e que, com uma superfície cerca de 17 vezes menor que o Brasil, esse país tem hoje 4 geoparques na mesma rede.

Após o CBG, ele fará um roteiro pelo Brasil. Coloco os detalhes abaixo, para podermos usufruir e compartilhar ao máximo da experiência e dos ensinamentos dele. Se você morar numa das cidades visitadas por ele, ou proximidades, se tiver colegas e/ou alunos nesses locais, etc., programe-se e divulgue esse convite.


Roteiro de Luis Carcavilla no Brasil

30 set, 5ª, Belém > Belo Horizonte; eventual palestra em BH ?? (a confirmar).

1-2-3 out, Belo Horizonte e Quadrilátero Ferrífero; o roteiro dele já está esboçado; a intenção é tentar incluir Mariana (Mina da Passagem), Ouro Preto (conhecer a cidade e apreciar o Pico), garimpo de topázio imperial, feira/lojas na beira da estrada onde se observa a produção de peças em pedra-sabão, Serra da Piedade, Inhotim/Brumadinho, Serra do Rola-Moça, e talvez o Museu de Mineralogia Victor Dequech, da Geosol (bairro Olhos D'água, em BH).

3 out, dom, Belo Horizonte > Rio.

4 out, 2ª, Rio visita geoturística Região dos Lagos.

5 out, 3ª, Rio palestra no DRM (Niterói, RJ)

6 out, 4ª, Iguaçu.

7-8-9 out, Iguaçu > Chapecó > Ametista > Campos Gerais.

10 out, dom, Campos Gerais > Curitiba.

11 out, 2ª (miolo de feriado longo), palestra Curitiba 14hs na UFPR, viagem Curitiba > São Paulo.

12 out, 3ª (feriado), geoturismo nas proximidades de São Paulo; vamos formar um grupo; interessados em participar contactem Virginio – virginio(arroba)uol.com.br – com a maior antecedência possível.

13 out, 4ª, São Paulo, 10:00hs, palestra na Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Marginal Pinheiros, próximo à Ponte Cidade Universitária), promovida pelo IG, USP e outras instituições - tema: "A experiência espanhola de proteção do Patrimônio Geológico"; à tarde visitas ao IGc/USP e outras.

(Meus agradecimentos à Virgínio pelas informações)

O Trinômio no VIII SINAGEO


Caros,

Entre os dias 12 e 16 de setembro de 2010, ocorrerá em Recife um grande evento congregando o VIII Simpósio Nacional de Geomorfologia, o III Encontro Latino Americano de Geomorfologia, o I Encontro Ibero-Americano de Geomorfologia e o I Encontro Ibero-Americano do Quaternário.

Nele teremos dentre vários grupos de trabalho uma abordando o tema: Geomorfologia e Conservação do Patrimônio Natural, com uma mesa redonda coordenada pelo Prof. Dr. Antonio Jeovah de Andrade Meireles (UFC) e tendo como palestrantes os Profs. Drs. Diamantino Manuel Insua Pereira (Universidade do Minho), Marcos Antonio Leite do Nascimento (UFRN) e Paulo Pereira (Universidade do Minho).

Neste tema teremos também apresentações de trabalhos na formal oral e pôsteres.

Trabalhos Orais

Potencialidades do Patrimônio Geomorfológico da Bacia do Córrego do Gentil - Suedio Alves Meira

Morfologia Fluvial como Indicador de Geodiversidade. Exemplos de Rios Brasileiros - Juliana de Paula Silva

Compactação do Solo como Indicador Pedogeomorfológico para Erosão em Trilhas de
Unidades de Conservação: Estudo de Caso no Parque Nacional da Serra do Cipó, MG - Múcio do Amaral Figueiredo

Potencial dos Geoparques como Estratégia de Geoconservação no Estado do Piauí - Laryssa Sheydder de Oliveira Lopes

Relações entre Uso, Degradação e Variáveis Hidrogeomorfológicas nas Trilhas Ecoturísticas do Parque Nacional da Serra Dos Órgãos - Lia Lutz Kroeff

Geodiversidade Eólica entre Cabo Frio e o Cabo Búzios – RJ - Thiago Gonçalves Pereira

Paisagens Geomorfologócicas Espetaculares: Geomorfossítios do Brasil - Vanda Claudino-Sales

Caracterização Geomorfológica da Região da Serra do Boturuna, Estado de São Paulo - Sandro Francisco Detoni

Reserva Ecológica da Sapiranga em Fortaleza/CE, As Realidades de uma Unidade de
Conservação em Meio Urbano - Diego Silva Salvador

Pôsteres:

Aspectos Morfológicos do Bairro de Santa Teresa (RJ) – Importância e Conservação do
Patrimônio Natural - Telma Mendes da Silva

Município de Angra dos Reis (RJ): Sensibilidade das Encostas e Conservação do Patrimônio Natural - Eluan Alan Lemos Pocidonio

Estratégias para a Gestão do Patrimônio Geológico/Geomorfológico Paulista - Rogério Rodrigues Ribeiro

Geomorfologia e Geoconservação – Uma Reflexão a Partir do Estudo do Potencial
Geoturístico das Quedas D’água do Município de Indianópolis/MG - Lilian Carla Moreira Bento

Análise Geomorfológica da Serra de Caldas Novas-GO: Caracterização do Pseudo-Domo e
Conservação do Parque Estadual - Jeissy Conseição Bezerra da Silva

Geomorfologia Aplicada a Gestão de Unidades de Conservação : O Parque Estadual do
Jurupará / SP - José Mariano Caccia Gouveia

Impactos Ambientais Decorrentes do Uso e Ocupação do Solo, na Comunidade Negra Jamary dos Pretos, Turiaçu – Maranhão - Taissa Caroline Silva Rodrigues

Uma Proposta para Recomposição da Vegetação Natural das Áreas de Preservação
Permanente e Erosões no Assentamento Paciência em Uberlândia-MG - Hérica Leonel de Paula Ramos Oliveira

A Modificação da Paisagem e suas Implicações nos Aspectos Socioambientais: O Caso do Porto das Dunas- Aquiraz/CE - Lizabeth Silva Oliveira

Configuração Geomorfologica do Povoado de Cajueiro em Santo Amaro do Maranhão/MA no Parque Nacional dos Lençóis Maranheses - Jeremias Silva Santos

Potencial Turístico do Patrimônio Geomorfológico no Transecto Boa Vista – Pacaraima /
Roraima - Márcia Teixeira Falcão

A todos um excelente evento.

(Por Marcos Nascimento)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...