sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

II ENECO - UFPB



Participe!
Eixo 05: Geodiversidade e Geoconservação

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Novo Crustáceo Fóssil no Araripe



Hoje pela manhã, no Auditório do GeoPark Araripe, foi realizada a apresentação do novo crustáceo fossilizado encontrado em Missão Velha no distrito de Jamacaru – CE, por pesquisadores da URCA – Universidade Regional do Cariri – e aliados. Com mais de 100 milhões de anos, o camarão foi descoberto em maio do ano passado, porém apresentado apenas hoje, pois estava em análise para descrição científica. Com base na caracterização da espécie, foi possível descrever um novo gênero da família carídea. Medindo 18,33 mm do rostro ao último somito abdominal, recebeu esse nome em homenagem ao cientista  Alexander Kellner por suas contribuições e pesquisas na Bacia do Araripe. A caracterização foi realizada pelos pesquisadores Willian Santana (SP), Allysson Pinheiro (URCA), Caroline Mayara da Silva (URCA) e Álamo Feitosa (URCA) no Laboratório de Paleontologia da URCA.

Fonte: geoparkararipe.org.br

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

I Ciclo de Palestras Sobre Geodiversidade - UFC


O Departamento de Geologia em conjunto com o Programa de Pós-Graduação em Geologia e com o apoio do Serviço Geológico do Brasil (CPRM), convidam à todos para participar do I-Ciclo de Palestras sobre o tema Geodiversidade no dia 24 de janeiro de 2013, a partir das 14:00h no auditório do Centro de Ciências da Universidade Federal do Ceará-UFC (Campus do Pici).
  
  • 1ª palestra: Geodiversidade: um novo olhar geológico a favor da sociedade (Prof. Dr. Marcos Nascimento - UFRN):
  • 2ª palestra: Levantamento da Geodiversidade: SIG e Mapa de Geodiversidade do Estado do Ceará 1:1.000.000  (Geól. Luís Freitas - CPRM):
  • 3ª palestra: Relação Solo e Ambiente (Prof. Dr. Francisco Nildo - UNILAB)


Na ocasião também será lançado o livro: Geotecnologias aplicadas ao monitoramento costeiro: sensoriamento remoto e geodésia de precisão.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Artigo GeoUSP

Encaminho o LINK com o artigo de Jasmine Moreira e Guillermo Melendez intitulado "Usando o Patrimônio Geológico para Atrair Turistas: o Geoturismo no Brasil (Paraná) e Espanha (Aragon). 




Doutorado UMinho





A Universidade do Minho (Braga, Portugal) está aceitando candidaturas para realizar doutorado nos temas património geológico, geoconservação, geodiversidade, geoturismo e geoparques. 

Vantagens:
- Universidade reconhecida pelo programa "Ciência Sem Fronteiras" do CNPq
- Integração numa equipe com elevado dinamismo 
- Possibilidade de frequentar unidades curriculares nos temas referidos
- Possibilidade de colaboração com geoparques portugueses
- Possibilidade de co-orientação por especialistas brasileiros

Maiores informações pelo e-mail: pgg@dct.uminho.pt

domingo, 6 de janeiro de 2013

XXV Simpósio de Geologia do Nordeste - 1° Circular

Confira a primeira circular do XXV Simpósio de Geologia do Nordeste e III Simpósio da Província Borborema, que ocorrerão nos dias 06 a 09 de outubro de 2013, em Gravatá, Pernambuco.

Aproveitem para publicar trabalhos pois o evento terá o eixo temático "Ensino de Geociências, Patrimônio Geológico e Geoturismo". 

Os resumos podem ser enviados até o dia 31 de março de 2013.


CIRCULAR

XXIV Simpósio de Geologia do Nordeste

Anais do XXIV Simpósio de Geologia do Nordeste

CONFIRA AQUI.

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Anais do 46° Congresso Brasileiro de Geologia


Os Anais registram as contribuições técnicas-científicas apresentadas nos simpósios 30 – Geodiversidade e Geoconservação e 31 – Geoparques e Geoturismo da grande área Patrimônio Geológico durante o 46º Congresso Brasileiro de Geologia, ocorrido nos dias 02 e 03 de outubro de 2012, na cidade de Santos/SP. Vale lembrar que esta temática era contemplada, em eventos anteriores, apenas em um único simpósio, contudo este ano foi necessário dividi-la em dois simpósios.

Ao todo foram publicados 113 trabalhos, sendo 58 resumos no Simpósio 30 – Geodiversidade e Geoconservação (sendo 13 sob a forma de apresentações orais e 45 no formato pôster) e 55 resumos no Simpósio 31 – Geoparques e Geoturismo (sendo 13 sob a forma de apresentações orais e 42 no formato pôster).

 Esses números mostram o quanto estamos crescendo em quantidade, e para quem assistiu as apresentações e viu os pôsteres sabe que também estamos crescendo em qualidade. Para termos uma ideia, se não tivéssemos individualizado a temática em 2 simpósios, no 46º CBG, teríamos recebido a maior quantidade de resumos (113). Os que chegaram mais próximos alcançaram 97 resumos (Simpósio Paleoambientes e Paleontologia) e 96 resumos (Simpósio Bacias Sedimentares Intracratônicas e Riftes Fanerozóicos). Dos 37 simpósios ficamos em 10º com 58 resumos no SP 30 – Geodiversidade e Geoconservação e 11º com 55 resumos no SP 31 – Geoparques e Geoturismo. Ficamos na frente de simpósios clássicos como Terrenos Neoproterozóicos, Neotectônica e Sismicidade Intraplaca, e Sensoriamento Remoto.

Esses trabalhos mostram uma panorâmica atual das atividades relacionadas aos 4 “GEOs” (Geodiversidade, Geoconservação, Geoturismo e Geoparques) no Brasil. Vale salientar que se encontra aqui também as conferências do Geól. Patrick James (University of South Australia) intitulada We Are The World: Telling Great Stories About Our Urban Geoheritage e do Econ. Antonio Carlos Gomes Duarte (Geoparque Arouca – Portugal) com o título Conceitos para um Desenvolvimento Sustentável: Estudo do Caso do Geopark Arouca. Ambos são responsáveis por inúmeras publicações e divulgação dos temas em seus países, Austrália e Portugal, respectivamente.

Assim, a coordenação destes simpósios espera estar contribuindo com a divulgação do patrimônio geológico brasileiro e em paralelo permitindo ações para a sua geoconservação.

(QUEM DESEJAR OS ANAIS DO EVENTO, ENTRAR EM CONTATO COMIGO VIA E-MAIL OU BAIXAR PELA PÁGINA DO TRINÔMIO NO FACEBOOK. )

terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Cursos USP: Sistema Terra



Presentinho para começar o ano.

Geossit - Aplicativo

Vamos iniciar os trabalhos de 2013...

Você conhece o Geossit?

É um aplicativo elaborado pelo CPRM destinado ao inventário, qualificação e valoração quantitativa de geossítios, é de livre consulta e será operado por meio de uma base de dados específica do Sistema GEOBANK  do Serviço Geológico. 

O Brasil tem uma das maiores geobiodiversidades do mundo, por ter elementos que representam praticamente toda história geológica do planeta, desde os primórdios até os tempos atuais. 

Parcelas especiais da geodiversiade, que constituem locais-chaves para o entendimento da história da dinâmica e da vida na Terra, desde sua formação, devem ser preservadas para futuras gerações. 

Pelo menos 22 pesquisadores já cadastraram geossítios no banco de dados. O estado do Ceará, no momento, é o que tem a maior quantidade de geossítios em preocesso de avaliação. 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...