quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Projeto Geoparque Cariri Paraibano

Neste mês de dezembro, uma comissão de geólogos do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) realizou um levantamento do potencial da região do Cariri Paraibano para a criação de um geoparque. 

A princípio, a delimitação do geoparque de Pai Mateus irá englobar o complexo Pai Mateus, o Sítio Bravo, a Bacia de Boa Vista, a Muralha do Cariri e o Cânion Rio da Serra. A área total deverá chegar a 12 mil hectares que, somados aos 18 mil hectares da Área de Preservação Ambiental (APA) do Cariri, ampliará a área preservada para 30 mil hectares. A delimitação final está sendo estudada pelos representantes do CPRM, mas a importância científica, arqueológica e paleontológica, segundo eles, é inquestionável.
“Eu vim aqui para passar por um teste, pois antes mesmo de ir a fundo em pesquisas científicas, costumo avaliar da seguinte forma: o que eu estou encontrando aqui me surpreendeu a ponto de eu ter vontade de permanecer por mais tempo? E a resposta nesta expedição é sim, seguramente. Esse local merece e precisa estar inserido em uma rede mundial de geoparques”, afirmou o coordenador nacional do Projeto Geoparques do Serviço Geológico do Brasil (Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais – CPRM), Carlos Schobbenhaus.

Vejam algumas fotos: 
Lajedo do Pai Mateus
 Foto: Marcos Nascimento

Foto: Marcos Nascimento

Muralha de Cariri (Fraturas N-S quebrando granito porfirítico favorecendo alinhamento).
Foto: Marcos Nascimento

Foto: Marcos Nascimento

Matacões, em Lajedo Pai Mateus
Foto: Marcos Nascimento

Foto: Marcos Nascimento
Fonte: Portal Correio 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...